web design templates

Formação em extracção de pólen

O pólen apícola atinge elevados preços de mercado, podendo constituir uma boa fonte de receitas para o apicultor

Colocação de "Caça pólen" nas colmeias

Para a recolha da apitoxina são colocadas umsa pequenas caixas nas entradas das colmeias.

Estas caixas estão equipadas com uma plca plástica com orifícios por onde as abelhas são forçadas a passar para entrarem na colmeia. Para conmseguirem entrar as abelhas precisam esgueirar-se e distender as patas posteriores. Ao fazerem esta "ginástica" para entrarem, libertam as pequenas bolas de pólen que transportam em cada corbícula. Estas bolinhas de pólen apícola sáo recolhidas numa caixa de onde o pólen é retirado diariamente.

Recolha, limpeza e conservação do pólen fresco

O pólen apícola deve ser recolhido pelo apicultor diariamente para evitar a sua deterioração e manter a máxima frescura

O pólen recolhido de cada colmeia é de seguida limpo, dele são removidos patas de abelha, asas e algumas formigas ou outros insectos. Bolinhas de propolis que sáo também transportads nas corbiculas pelas ablhas e que caem junto com o polen são também retirados. De seguida este pólen é congelado, e mantido a uma temperatura de -18º pelo menos por 72 horas.

Desidratação do pólen, limpeza, e embalagem

O pólen pode ser consumido em fresco ou desidratado. no entanto o tempo de conservação do mesmo será muito mais longo se for desidratado

Os apicultores, depois de limparem e congelarem o pólen apícola desidratam-no em desidratadores que fazem passar pelo pólen ar seco a uma temperatura nunca superior a 40ºC que permite que o pólen conserve todo o seu valor nutritivo, assim como as vitaminas e os amino-ácidos

Comercialização do pólen

O pólen pode ser comercializado em fresco ou desidratado

Em construção